Alfa Romeo Giulia Super 1967


Alfa Romeo Giulia Super 1600 ano 1967 (série 105.26) branco com interior vermelho. Motor 1.6 com dois carburadores Weber 40 e 106 cv para 990 kg. Versão Bollino d'Oro, muito valorizada pelos alfistas, com mecânica mais forte e nível de acabamento superior.
 
 
O exemplar pertenceu ao chefe de equipe e piloto Ubaldo Lolly, da Jolly-Gancia, do comendador Piero Gancia, famosa nos anos dourados do automobilismo brasileiro. Na sequencia o carro foi para as mãos do mestre Mahar (José Rezende Mahar), conceituado jornalista automotivo, profundo entendedor e entusiasta do assunto.

Matching numbers, placa preta e comprovação de origem pelo Centro Documentazione Automobilismo Storico da Alfa Romeo, com registro de venda para São Paulo, Brasil em 1967.


O Giulia Super foi um triunfo da estética aliada à aerodinâmica. Coeficiente de arrasto aerodinâmico de 0,34 num projeto de 1962 e com carroceria quadrada (melhor que o Porsche 911 da época). Além disso, o modelo foi pioneiro no uso de freios a disco nas quatro rodas e de vaso de expansão do radiador feito de plástico. Em suma, uma obra imortal do engenheiro Orazio Satta e considerado um dos melhores quatro-portas da história.

 

   
 
 
Alfa Alfa
 
 
 
 
 
Comments